Clicky

SEGURANÇA

Apenas 32% das empresas brasileiras têm área própria voltada para cibersegurança

Convergência Digital ... 02/06/2021 ... Convergência Digital

Uma pesquisa solicitada pela Mastercard ao Instituto Datafolha revelou que 57% das empresas brasileiras dos setores de educação, financeiro e seguros, tecnologia e telecom, saúde e varejo, são alvo de fraudes e ataques digitais com média ou alta frequência e que apenas 32% das empresas entrevistadas possui uma área própria de cibersegurança.

O "Barômetro da Segurança Digital" entrevistou decisores da área de tecnologia de empresas de setores de educação, financeiro e seguros, tecnologia e telecom, saúde e varejo e mostrou que apesar das organizações reconhecerem a importância da cibersegurança, elas não desenvolvem políticas de segurança digital e treinamento para os seus funcionários de forma aprofundada.

Cibersegurança é considerada muito importante para mais de 80% das empresas, mas não é uma prioridade no orçamento para 39%. Enquanto a maioria afirma ter um plano de resposta a um possível ataque cibernético, apenas um terço fez algum tipo de teste preventivo nos três meses antecedentes à realização da pesquisa. Importante destacar que grande parte dos ataques cibernéticos, acontecem a partir de terceiros, fornecedores, por isso, a importância do endereçamento deste ponto internamente e entre as empresas que prestam serviço para a sua empresa.

Entre os segmentos analisados finanças e seguros e tecnologia e telecom são os mais preparados em cibersegurança, enquanto educação e saúde são setores que ainda apresentam muitas vulnerabilidades. As empresas acreditam que as áreas mais suscetíveis para ataques de hackers são o departamento financeiro e o banco de dados de seus clientes, sendo que 11% delas afirmaram ter sofrido algum tipo de ataque cibernético em 2020. Adicionalmente, a maioria das empresas entrevistadas acredita que a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) trará mais benefícios do que prejuízos para as organizações.

"Investir em cibersegurança é importante para trazer confiança para gestão dos negócios e credibilidade diante de clientes e parceiros. Hoje, mais do que nunca, os consumidores desejam interações simples, rápidas e seguras com quem se relacionam online. Por isso, cabe às organizações endereçarem este ponto internamente. A Mastercard oferece soluções para empresas que vão além de cartão abrangendo desde inteligência artificial até proteção de sistemas e dados. Nossa expertise global nos torna parceiros estratégicos ideal para empresas atuarem de forma segura e conquistarem a confiança de seus consumidores", afirma Estanislau Bassols, Gerente Geral da Mastercard.

O Barômetro da Segurança Digital foi feito entre os 01 e 25 de fevereiro de 2021. Por meio de entrevistas telefônicas, o estudo nacional conversou com 351 decisores da área de tecnologia, com a margem de erro de 5,0 pontos percentuais total.



Certificados digitais têm alta de vendas em 35% no primeiro semestre

Em junho, foram emitidos 630 mil certificados, recorde histórico e 22% acima do mesmo mês em 2020. 

Telecom somou 2,6 milhões de transações fraudulentas no 1º semestre

Já os celulares são os aparelhos com maior tentativa de fraude nas vendas pela internet: 5,1% dos casos. 

Dar segurança ao trabalho remoto foi a missão da TI com Covid-19

Pesquisa global mostra como adaptação dos profissionais ao teletrabalho teve que focar em ameaças de phishing, ataques e malware. 

ANPD e NIC.br assinam cooperação para gerar cultura de segurança de dados

Assinatura também marcou o lançamento de cartilhas do NIC.br sobre proteção de dados e vazamentos de dados.  Eles orientam sobre os direitos e deveres dos titulares dos dados.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G