09/06/2021 às 17:41
Internet


Banda larga fixa perde quase 700 mil acessos ativos em abril
Convergência Digital

A banda larga fixa teve um resultado desastroso no mês de abril, conforme dados divulgados pela Anatel. Foram perdidas 678.597 mil linhas ativas, com as empresas de pequeno porte sofrendo o pior baque.

Em março, elas contabilizaram 14.950.470 milhões de acessos ativos, mas fecharam abril com 14.285.337 milhões. Já as grandes prestadoras mantiveram os números em 2021. Não há como avaliar as razões da queda de assinantes, mas há a concorrência do streaming e a piora da economia nacional.

Em abril, as prestadoras de grande porte fecharam com 22.172.665 milhões, enquanto em março responderam por 22.168.129 milhões de acessos. Em abril, o cabo coaxial ficou cm 9.424.457 milhões de acessos. O rádio respondeu por 1.669. 511 milhões e o satélite ficou com 329.039 mil acessos.

No ranking nacional, a Claro, com a NET, segue na primeira posição com 9,80 milhões de acessos banda larga, mas registrou uma queda de 8,8 mil clientes. A Vivo aparece na segunda posição com 6,36 milhões de clientes, mas com uma perda de 16 mil acessos no quarto mês do ano.

A Oi fechou com 5,16 milhões e, ao contrário das rivais, adicionou 24 mil clientes. A TIM ficou com 670 mil clientes. Entre as empresas de pequeno porte, a Brisanet aparece com 697.064 mil assinantes, ficando bem próxima da Algar, com 717.479 mil e na primeira posição no ranking nacional.



Powered by Publique!