Clicky

Home - Convergência Digital

Brasil ganha nova operadora dedicada à Internet das Coisas

Convergência Digital* - 29/03/2019

A Next Level Telecom - NLT - é a mais nova operadora a entrar no mercado brasileiro direcionada para Internet das Coisas. A operadora vai usar a infraestrutura da Vivo e entra em operação comercial no dia 02 de abril. A previsão é de um investimento total na ordem de R$ 50 milhões, nos primeiros cinco anos de operação. No comunicado oficial ao mercado, a NLT afirma que vai investir em desenvolvedores e integradores de soluções, além de apoiar instituições de pesquisa e ações de polos tecnológicos e universidades.

O objetivo é contribuir com a transformação digital, promovendo ações de inovação que resultem em mais desenvolvimento do mercado brasileiro de IoT. “Trabalhamos para ampliar a oferta dos serviços de telecomunicação, sempre com mais qualidade e diversidade de aplicação”, afirma Adalmir Assef, CEO da NLT. “Surgimos para estimular empreendedores a alcançar melhores resultados, aumentar a produtividade das empresas, favorecer o lançamento de produtos cada vez mais inovadores e tornar as cidades cada vez mais inteligentes, de modo a sempre melhorar a qualidade de vida das pessoas”.
 
O primeiro produto que a NLT já oferece ao mercado é conexão por meio de diversos tipos de SIM Card, com conexões 2G, 3G e 4G. A empresa também vai investir continuamente no desenvolvimento de recursos de conexão de baixo consumo de energia e longa durabilidade de bateria, de modo a universalizar sua aplicação. No momento, a NLT já está se preparando para, em um futuro muito próximo, trabalhar com outros recursos ainda a ser lançados no Brasil, como eSIM e redes NB-IoT.
 
Controlada pela holding Batista Leite, fundadora da Link Solutions, empresa especialista em comunicação móvel e IoT que foi vendida para a americana Transaction Network Services (TNS), a NLT inicia suas atividades no melhor momento do mercado. Com equipes próprias de atendimento, projetos, engenharia, billing e pós-vendas, a NLT está preparada para atender todas as demandas de conexão de empresas, indústrias, organizações sustentáveis e governos, em áreas como saúde, indústria 4.0, agronegócio e cidades inteligentes.
 

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

06/07/2021
Governos são os grandes consumidores de IoT e o serão mais com o 5G

17/06/2021
FINEP aporta R$ 3 milhões em gêmeo digital para IoT da indústria 4.0

11/06/2021
Europa vai gastar US$ 200 bilhões com Internet das Coisas

09/06/2021
UIT adota recomendações globais para Internet das Coisas propostas pela Anatel

08/06/2021
Pernambucanas investe em chip próprio de telefonia móvel

24/05/2021
Serpro vai ao mercado para buscar parceiros para Internet das Coisas

12/05/2021
Fundo para IoT chega ao mercado brasileiro com R$ 240 milhões

30/04/2021
Sorocaba, SP, sedia Centro de Referência em Internet das Coisas

26/04/2021
Hyndai Brasil contrata Vivo Empresas para carros conectados

19/04/2021
Vivo lança e-Sim IoT para expansão de negócios no Brasil

Destaques
Destaques

5G vai gerar até US$ 5 trilhões ao PIB mundial

Em 2020, em plena pandemia, as tecnologias e serviços móveis contribuíram com US$ 4,4 trilhões do PIB global, um incremento de pouco mais de 7% em relação a 2019, revela a GSMA.

Open RAN é para 5G senão vai ter muita confusão entre fornecedores

Há uma determinação que Open RAN é release 16, então o Open RAN não será para o 4G, sustenta o head de tecnologia da Nokia para América Latina, Wilson Cardoso. "Um bite errado, simplesmente não vai funcionar", adverte.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A estrada de tijolos amarelos do 5G

Por Paulo Souza*

Com o 5G surgem novas dinâmicas de mercado e novos modelos de negócio habilitados pela tecnologia. E este momento é crucial para se preparar para o que vem pela frente.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site