Clicky

INOVAÇÃO

Disputa pelos 'sem banco' acirra guerra entre bancos e fintechs de pagamento

Convergência Digital ... 09/09/2020 ... Convergência Digital

Um estudo da empresa de segurança bancária Temenos e The Economist Intelligence Unit, realizado em 32 países,aponta que 29% dos executivos de bancos acreditam que as ‘empresas de pagamento’ são a principal ameaça para seus negócios principais. 

Em segundo lugar, eles se preocupam com o risco de perder market share no negócio de Investment Management, um dos segmentos mais lucrativos. Razões que alimentam as respostas à pesquisa que indicam, até 2025, que os executivos dos bancos terão como prioridade estratégica melhorar a experiência dos seus clientes em quase 35 pontos percentuais. 

“Não há razão para acreditar que o setor bancário brasileiro seria imune a essas mudanças, quando os “Neo Banks” já constroem modelos de negócios 100% digitais, principalmente focados nessas gerações e onde os serviços básicos não são cobrados”, afirma o vice-presidente de Serviços da Temenos para a América Latina, Álvaro Bacellar. 

O cenário é favorável a soluções tecnológicas que ajudem instituições financeiras a alcançar os sem-banco com uma relação custo-receita aprimorada, custos reduzidos ao alavancar a nuvem, soluções em pacotes e experiências digitais aprimoradas. 

No Brasil existem aproximadamente 45 milhões de pessoas sem conta bancária, o que representa 1/5 da população sem acesso a serviços financeiros. O país é um mercado estratégico pois a cada dois dólares gastos em tecnologia bancária na América Latina, um dólar é gasto no Brasil.

A disputa ganha novos capítulos e deve ficar ainda maior com a chegada do PIX, do Banco Central, a partir do dia 16 de novembro. Todas as instituições com mais de 500 mil contas devem adotá-lo e integrar seus sistemas a partir do quarto trimestre de 2020. 


Cloud Computing
TST vai pagar R$ 200 mil a Dataprev por dados do CPF e CNPJ em blockchain

Serviço foi contratado em junho do ano passado, mas só agora está sendo ofertado pela estatal de TI do governo. Outros órgãos do Estado querem ter acesso ao CPF e ao CNPJ por blockchain, entre eles, o Conselho da Justiça Federal.

Open Banking: Bancos pedem e Banco Central adia compartilhamento de dados

Este é o segundo adiamento na fase 2 do Open Banking a pedido das instituições financeiras, que alegam não terem terminado os testes para a obtenção de certificações e homolagação e registro das suas APIs. Novo prazo, agora, é 13 de agosto.

Substituto do supercomputador Tupã consome menos energia, mas tem capacidade restrita

Nova máquina contratada para substituir o supercomputador - que deverá entrar em atividade num prazo de até 90 dias-  não terá capacidade para fazer previsões climáticas de longo prazo por barreira técnica.

Finep vai acelerar 10 startups, com R$ 150 mil para cada projeto

Entre os diversos temas estratégicos desejados figuram 5G, cidades inteligentes, indústria 4.0 e internet das coisas. Programa se dará em três fases, cada uma de 40 dias.

Brasileiro é eleito para seleto clube de fellows em gerenciamento da informação

Walter Koch foi nomeado em abril pela Association for Intelligente Information Management (AIIM). Em entrevista ao Convergência Digital, Koch fala sobre Inteligência Artificial, ética e viés.

Open RAN precisa ser open source para garantir inovação

“A inovação, a agilidade, a metodologia do open source, tudo isso tem a ver com o Open RAN. Pode até tentar fazer proprietário, mas quebra o conceito”, afirma o global account manager da Red Hat, Ricardo Gulla.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G