Clicky

INCLUSÃO DIGITAL

Coalizão comemora proposta da Anatel que destina faixa de 6 GHz para WiFi

Luís Osvaldo Grossmann ... 18/12/2020 ... Convergência Digital

Em carta enviada ao Conselho Diretor da Anatel, a Coalizão WiFi6E Brasil, que reúne pequenas e grandes empresas, entidades e mesmo operadoras, como a Oi, celebraram a decisão da agência de indicar que a faixa de 6 GHz – entre 5,925 GHz e 7,125 GHz – será totalmente destinada a uso não licenciado, como os sistemas WiFi. A sugestão está em consulta pública. 

“O uso não licenciado da faixa de 6 GHz possibilitará a massificação da conectividade em banda larga e a democratização do acesso à Internet no Brasil, especialmente por meio da atuação dos provedores de Internet de pequeno porte”, diz a carta da Coalizão, que reúne 21 entidades, que representam 1,5 mil empresas, como Abranet, Abrint, Oi, Amazon, Apple, Facebook, Google, Internetsul e Qualcomm, além da Coalizão Direitos na Rede. 

Além do ganho social em um país onde o WiFi é a principal forma de conexão à internet – usadas em 75% do tempo que alguém está na rede, mesmo que por meio de aparelhos celulares – os números sugerem também ganhos econômicos para o país. 

“O valor econômico acumulado entre 2020 e 2030 associado à destinação de 1200 MHz na banda de 6 GHz para US$ 112,14 bilhões [cerca de R$ 570 bilhões] em contribuição para o PIB; US$ 30,03 bilhões [R$ 150 bilhões] em superávit do produtor para as empresas brasileiras; e US$ 21,19 bilhões [R$ 100 bilhões] em superávit do consumidor à população brasileira, a partir de 2021”, lembra a Coalizão no documento encaminhado à Anatel. 

Um dos pontos favoráveis à destinação da faixa para aplicações não licenciadas é o impacto imediato caso a decisão seja confirmada pelo órgão regulador. Como lembram empresas e entidades, “já há empresas fabricando equipamentos WiFi6 no Brasil, e tão logo o WiFi6E seja liberado, eles entrarão na linha de produção”.


Carreira
Rodrigo Dienstmann assume presidência da Ericsson no Brasil e Cone Sul

O executivo foi presidente da Cisco no país, além de vice-presidente da GVT. Ele entra no lugar de Eduardo Ricotta, que deixou a fabricante para assumir a presidência da Vestas, companhia dinamarquesa de soluções de energia sustentável.

Telesat e TIM testam uso de satélite LEO para backhaul e 5G

Durante os cinco dias de testes, as equipes mediram o desempenho do tráfego de dados nas aplicações móveis 4G utilizando o satélite LEO, atingindo uma latência média de 38ms.

Guarulhos é o primeiro aeroporto do mundo com Wi-Fi em OpenRoaming

Serviço está disponível no terminal internacional, 3, do maior aeroporto da América Latina. O OpenRoaming permite roaming automático e contínuo entre as redes Wi-Fi e de celular, Wi-Fi 6 e 5G.

Desbancarizados movimentam cerca de R$ 800 bilhões por ano

"Pode parecer clichê, mas a empatia e a confiança são essenciais. O novo onboarding não é só tecnologia. É cultura e pessoas", afirma o gerente de soluções da diretoria de Tecnologia do BB, Eric Flavio Araújo.

Com R$ 1,3 milhão do BID, Anatel vai medir falta de internet a cada 600 metros

Nas contas do BID, Brasil precisa de R$ 100 bilhões para alcançar média de penetração da banda larga dos países da OCDE.

Telebras renova uso de fibras da Petrobras por R$ 59,8 milhões

Estatal também prorrogou acordos que garantem backbone com empresas de energia do grupo Eletrobras.

IBGE: Internet chega a 82% dos domicílios, mas 40 milhões de brasileiros seguem sem acesso

Segundo dados da PNAD de 2019, rendimento médio dos lares com internet (R$ 1,5 mil) era o dobro daqueles sem conexão (R$ 728). A desigualdade digital segue sendo uma marca do segmento Internet no Brasil.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G