Clicky

Convergência Digital - Home

Christian Klein, SAP: "Somos inclusivos e não exclusivos. Trabalhamos com todo mundo"

Convergência Digital
Ana Paula Lobo - 02/06/2021

A SAP definiu que vai trabalhar com todos os provedores de nuvem por conta da demanda dos seus clientes, afirmou o CEO da SAP, Christian Klein, no Sapphire NOW, nesta quarta-feira, 02/06. "Não somos exclusivos. Somos inclusivos. Vamos trabalhar com todos por que nossos usuários querem assim", disse ao se referir ao fim da parceria preferencial com a Microsoft.  A diretora de Marketing de Soluções da SAP,Julia White, foi além: 'Sem dramas'.

Klein anunciou a SAP Business Network, iniciativa que chega com a missão de se tornar a maior comunidade de negócios do mundo. A grande rede social corporativa, como assim foi descrita, reúne, desde já pouco mais de 5,5 milhões de organizações no mundo e integra as plataformas de compras, logística e inteligência de ativos da fabricante.

Ao integrar as principais redes de negócios da SAP, entre elas Ariba Network, SAP Logistics Business Network e SAP Asset Intelligence Network, a SAP dispõe para os clientes uma visão unificada da colaboração nas cadeias de suprimentos, coordenação e rastreabilidade logística, gestão, manutenção e operação de equipamentos.

“Compartilhar é absolutamente necessário no pós-covid-19. Nós temos conhecimento, nós sabemos como fazer e não podemos centralizar essas informações. A jornada por um planeta melhor passa pelas parcerias. A tecnologia é tão somente a base para fazer acontecer. Nós somos inclusivos e não exclusivos”, afirmou Christian Klein.

Klein sustentou que a Covid-19 reescreveu a história dos negócios nos últimos 18 meses e determina uma guinada nas estratégias pessoais e de negócios. “A sociedade mudou. Não tem por que a SAP não mudar. A transformação do negócio passa por permitir que as pessoas tenham uma vida melhor. Os negócios têm de seguir esse conceito para dar certo”, observou.

O CEO da SAP, no entanto, admitiu que mudar não é simples e é preciso cumprir degrau a degrau a jornada. No caso da SAP, a ação foi a de abrir suas fronteiras e buscar integrar parceiros, clientes e funcionários em um ecossistema. “Sozinhos não somos nada.Só teremos bons resultados, com a comunhão dos esforços”, adicionou.




Destaques
Destaques

TIM elege a nuvem e mira não ter mais datacenter em 2023

Ao assumir estar no meio de uma jornada para ser uma operadora 100% baseada em dados, a CIO da TIM Brasil, Auana Mattar, conta como é trabalhar com três provedores: Google, Microsoft e Oracle. Ao participar do SAS Telco Summit 2021, a executiva observou: é importante estudar as aplicações e como elas se comunicam antes de migrá-las para computação em nuvem.

Inteligência Artificial: Com estratégia certa, impacto de quatro pontos no PIB do Brasil até 2030

A inteligência artificial exige que se forme e qualifique profissionais no país, advertem especialistas. Para eles, a IA evoluiu e já passou da etapa de experimentação pra uso industrial. Para Fábio Cozman, da USP, a IA leva o país para a Sociedade 5.0, quando máquinas e seres humanos vão interagir de forma harmoniosa.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como ter nuvem sem reescrever sistemas e adequada à LGPD

Por Marco Wenna*

Como auditar e reescrever linhas de código em tempo hábil para essas migrações para a nuvem a um custo factível para que todas as linhas de código estejam em conformidade com a Lei Geral de Proteção a Dado? Esse é um desafio presente.

Serviços SaaS, proteção de dados e a LGPD

Por Eder Miranda*

Ter um plano abrangente de proteção adicional de dados para as plataformas SaaS é vital para os negócios, uma vez que as empresas não podem abrir sem ter o controle sobre o que está sendo protegido e sobre a maneira como isso está sendo feito pelos fornecedores de software como serviço.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site