Clicky

Convergência Digital - Home

"A nuvem é o novo normal", diz Jeff Kratz, da AWS

Convergência Digital
Luís Osvaldo Grossmann - 18/12/2020

Com novos investimentos na América Latina, a começar pelo R$ 1 bilhão na ampliação da infraestrutura no Brasil, que atende toda a região, a Amazon Web Services destacou durante seu evento global re:Invent a necessidade de os governos se adaptarem às mudanças promovidas pela computação em nuvem, que traz ganhos em segurança de dados e também em economia. 

“Na região GRU [São Paulo], por exemplo, uma área em que desenvolvemos mais de 40 serviços só este ano, temos mais de 200 controles somente relacionados à segurança. E trabalhamos muito com governos para avançar ainda mais. Desse ponto de vista, estamos ajudando os governos a ficarem mais à vontade com essa mudança. A nuvem é o novo normal e vemos uma aceleração disso nos últimos 10 meses, por conta da pandemia de Covid-19”, apontou o o diretor da AWS para setor público na América Latina, Canadá e Caribe, Jeff Kratz.

Como apontou, a nuvem promove “reduções de custos de até 75%”. Mas é preciso superar alguns desafios. “Isso envolve a modernização das regras. Muitas das leis que governam a transformação digital foram escritas antes de a nuvem existir. Isso exige uma combinação de liderança, de avanços e do reconhecimento de como usar o dinheiro dos clientes de maneira mais eficiente, o que exige mudanças inclusive nos processos licitatórios.” 

“Tem governos que já reconhecem que precisam acelerar esse movimento pela própria incapacidade de se manter em par como todos os patches, todas as instalações locais que precisam ser realizadas. Por isso uma das necessidades de passar as bases de dados on premises para a nuvem. Isso permite uma melhor proteção dos dados dos cidadãos.”


Destaques
Destaques

TIM elege a nuvem e mira não ter mais datacenter em 2023

Ao assumir estar no meio de uma jornada para ser uma operadora 100% baseada em dados, a CIO da TIM Brasil, Auana Mattar, conta como é trabalhar com três provedores: Google, Microsoft e Oracle. Ao participar do SAS Telco Summit 2021, a executiva observou: é importante estudar as aplicações e como elas se comunicam antes de migrá-las para computação em nuvem.

Inteligência Artificial: Com estratégia certa, impacto de quatro pontos no PIB do Brasil até 2030

A inteligência artificial exige que se forme e qualifique profissionais no país, advertem especialistas. Para eles, a IA evoluiu e já passou da etapa de experimentação pra uso industrial. Para Fábio Cozman, da USP, a IA leva o país para a Sociedade 5.0, quando máquinas e seres humanos vão interagir de forma harmoniosa.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como ter nuvem sem reescrever sistemas e adequada à LGPD

Por Marco Wenna*

Como auditar e reescrever linhas de código em tempo hábil para essas migrações para a nuvem a um custo factível para que todas as linhas de código estejam em conformidade com a Lei Geral de Proteção a Dado? Esse é um desafio presente.

Serviços SaaS, proteção de dados e a LGPD

Por Eder Miranda*

Ter um plano abrangente de proteção adicional de dados para as plataformas SaaS é vital para os negócios, uma vez que as empresas não podem abrir sem ter o controle sobre o que está sendo protegido e sobre a maneira como isso está sendo feito pelos fornecedores de software como serviço.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site