TELECOM

Oi reafirma acordo com a Highline, mas assume estudar nova proposta das teles

Ana Paula Lobo ... 28/07/2020 ... Convergência Digital

ATUALIZADO - As ações da Oi na Bolsa de Valores (B3) dispararam nesta terça-feira, 28/07, com a disputa entre Claro, TIM e Vivo x Highline pelo ativo da Oi Móvel. As ações ordinárias da Oi (OIBR3) subiram 15,82%, fechando em R$ 2,05. No caso do papel preferencial (OIBR4), houve alta ainda maior: de 44,27%, para R$ 2,77. Desde o começo da disputa, as ações das Oi valorizaram acima de 50% na B3.

Em fato relevante encaminhado à CVM nesta terça-feira, 28/07, a Oi confirma o recebimento da proposta do consórcio das teles; reafirma o acordo de exclusividade com a Highline, mas dis que estuda quais ações deve tomar em relação "ao processo competitivo de alienação da UPI Ativos Móveis, respeitando todos os compromissos assumidos. O Convergência Digital publica a íntegra do comunicado oficial da Oi sobre a proposta do consórcio Claro, TIM e Vivo, recebida no final da noite desta segunda-feira, 27/07.

Oi  S.A. –Em  Recuperação  Judicial (“Oi” ou “Companhia”), em cumprimento ao art. 157, §4º,  da  Lei  nº  6.404/76  e  ao  disposto  na  Instrução  CVM  nº  358/02, informa  aos  seus acionistas e ao mercado em geral que, em referência ao processo de “market sounding” no processo competitivo de alienação da operação de telefonia móvel das Sociedades Oi (“UPI  Ativos  Móveis”) conduzido  pelo  seu  assessor  financeiro  Bank  of  America  Merrill Lynch (“Bofa”), já previamente comunicado pela Companhia, a Oi recebeu, no final do dia27/07/2020, oferta vinculante revisada apresentada conjuntamente por Telefônica Brasil S.A., TIM S.A. e Claro S.A (os “Proponentes”), no valor de R$ 16.500.000.000,00, acrescido do compromisso de celebração de contratos de longo prazo de prestação de serviçosde capacidade  de  transmissão junto  à  Oi.

A oferta vinculante revisada apresentada pelos Proponentes, em condições financeiras mais vantajosas do que as propostas anteriores, está sujeita a condições normais em processos desta natureza.Tendo em vista o Acordo de Exclusividade celebrado entre a Companhia e a Highline do Brasil II Infraestrutura de Telecomunicações S.A. (“Highline”) e objeto do Fato Relevante divulgado em 22 de julho de 2020(“Acordo de Exclusividade”),a Companhia está avaliando as providências que pode e deve tomar em relação ao processo competitivo de alienação da UPI Ativos Móveis, respeitando todos os compromissos assumidos. A Companhia manterá seus acionistas e o mercado informados sobre o desenvolvimento do assunto objeto deste Fato Relevante.

Rio de Janeiro, 28de julho de 2020.

Oi S.A. –Em Recuperação JudicialCamille Loyo FariaDiretora de Finanças e Relações com Investidores


Internet Móvel 3G 4G
Huawei usa robôs em centro de distribuição no Brasil com uso do 5G industrial

Centro de Distribuição de Sorocaba-SP foi 100% digitalizado e ganhou maior capacidade de transferência de dados e a menor latência da nova geração tecnológica. Fabricante diz que houve um ganho de eficiência de 30%. 

Anatel recria 10 colegiados após extinção por Decreto presidencial

Uso do Espectro, Defesa dos Usuários, Prestadoras de Pequeno Porte, Aferição da Qualidade, Ofertas de Atacado, Acompanhamento de Redes são alguns dos grupos reestabelecidos pela agência. 

Reclamações contra oferta de banda larga crescem 40% com a quarentena da Covid-19

Queixas na Anatel cresceram especialmente a partir de março. No conjunto dos serviços, agência recebeu 1,52 milhão de reclamações entre janeiro e junho. Também houve um aumento de 20% com relação à telefonia móvel.

Oi quer corte de dívida com Anatel por desequilíbrio na concessão

“Tem que fazer um PGMU mais leve para que a gente possa respirar”, defende a diretora regulatória, Adriana Costa. Anatel esclarece que concessão não é sinônimo de lucro garantido. 

Huawei defende reserva de 500 MHz da faixa de 6GHz para as teles

Para o diretor da Huawei Brasil, Carlos Lauria, a reserva técnica é a melhor garantia para aguardar a evolução da tecnologia. "Se der tudo agora, não tem como voltar atrás depois", observa o executivo.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G